Vendedores ambulantes, o metrô e meu apoio a um projeto de lei

Certo dia, estava eu no metrô, meia hora depois do ângelus. Eis que  adentra no trem um ambulante, vendendo suas mercadorias.  Exercia  uma atividade  que é legítima e livre  no brasil: o comércio. Cumprimentei-o e perguntei.

-”Como tá a situação de vocês com o metrô aí, cara.”

-”Tá brabo. cê acredita que em 2 semanas conseguiram baixar um decreto proibindo a gente de trabalhar. Pior que tem tanto  trabalhador aí querendo um amparo social e nada.”

-”Complicado. Na hora de regularizar e promover o trabalho digno é uma demora..”

-”Pois é.  o problema deste país é que o trabalhador, microempreendedor, não é valorizado. O governo não faz nada.A gente é que tira o país da crise. Nós que fazemos a economia girar.’

-”Podiam regularizar vocês, ao invés de simplesmente querer banir.”

-” Fazer o que né. Fica com Deus, meu amigo.”

-”Fica com Deus. Bom trabalho”

Fiquei pasmado com a inteligencia e a visão do seu Alexandre, camelô do metrô.

Em breve, quem sabe, farei uma análise jurídica do decreto. Mas vou incorporar um projeto de lei que achei na internet,  externando meu total apoio moral ao mesmo.

http://jornalhoje.inf.br/wp/?p=73901

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s